Magnoterapia
/
Massoterapia Japonesa

MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA

MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA (48) 99641-8201 / (31) 99463-1041

MAGNOTERAPIA JAPONESA

MAXIMUS - MAGNOTERAPIA & MASSOPERAPIA JAPONESAA magnetoterapia da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, é uma técnica muito utilizada por fisioterapeutas, principalmente para a reabilitação de pacientes. A técnica se baseia na formação de campo eletromagnético através de bobinas, ímãs ou corrente elétrica. É uma técnica natural que não utiliza nenhum medicamento em conjunto e é utilizada para diversas patologias. Além disso, ele não causa nenhum tipo de desconforto, assim como não possui efeitos adversos e não é invasivo.

O campo magnético, ao ser aplicado no corpo, promove ou restabelece algumas funções de determinadas células, sendo elas: o reequilíbrio das funções bioquímicas das células, aumento de potencial elétrico das células, aumento da permeação da membrana celular, repolarização da membrana celular, movimentação de líquidos no corpo. Entre em contato agora mesmo com um consultor da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, e peça sua avaliação. CLIQUE AQUI

PRINCIPAIS INDICAÇÕES DA MAGNOTERAPIA

Por ser um tratamento natural, que não utiliza medicamentos, essa técnica da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, pode ser utilizada para diversas disfunções e patologias, sendo elas:

escaras e feridas abertas;
dor difusa ou pontual;
doenças musculares;
doenças reumatológicas e inflamatórias;
varizes;
edema;
inflamação tendínea (tendinite) ou muscular;
aceleração da calcificação óssea (fraturas) e retardo da perda de densidade óssea (osteoporose);
varizes;
artrite;
hérnia de disco;
epicondilite;
osteoartrite;
a maioria dos casos para reabilitação na fisioterapia desportiva;
entre outros. Entre em contato agora mesmo com um consultor da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, e peça sua avaliação. CLIQUE AQUI

MASSOTERAPIA JAPONESA

Os movimentos são rápidos e leves. As sensações são diferentes das experimentadas em outras massagens. E o resultado final combina o relaxamento com uma aparência rejuvenescida da pele.O “kobido” (termo que significa a busca pela beleza interior) é uma massagem japonesa feita nos ombros, no pescoço e, principalmente, no rosto. Diz a lenda que, no Japão imperial, era destinada apenas a membros da nobreza. Na década de 1980, o massoterapeuta japonês Shogo Mochizuki trouxe a técnica para o Ocidente e ensinou terapeutas de várias partes do mundo, tornando o método disponível aos plebeus por assim dizer.A geóloga brasileira Daniela Garroux, 36, conheceu a técnica na Alemanha com um professor que estudou com Mochizuki. Apesar da formação em geologia, ela é versada em massagens e práticas meditativas, habilidades adquiridas nos oito anos em que morou na Índia. Entre em contato agora mesmo com um consultor da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, e peça sua avaliação. CLIQUE AQUI

BENEFÍCIOS DA MASSOTERAPIA JAPONESA

A massoterapia japonesa da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, atua na função estética, ajudando o rejuvenescimento, minimizando rugas, pregas e sulcos na face, pescoço e colo. Atua também terapeuticamente nos distúrbios da face como:paralisia facial, AVC, distúrbio da voz,entre outros. É diferente da massagem japonesa corporal, pois a ênfase é na face e na cabeça, produzindo uma reflexologia cerebral, já que atua no sistema nervoso central.

Alguns especialistas recomendam que o Shiatsu não deve ser feito em caso de infecções, doenças contagiosas, fraturas, varizes ou como terapêutica única do câncer, podendo, entretanto, ser coadjuvante no tratamento da doença. Deve ser usado criteriosamente nos primeiros três meses da gestação, uma vez que há pontos de pressão contraindicados para a gestante. Entre em contato agora mesmo com um consultor da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, e peça sua avaliação. CLIQUE AQUI

BREVE HISTÓRIA DA MAGNOTERAPIA JAPONESA

Os ímanes utilizam-se desde a antiguidade no tratamento de diversas doenças, sobretudo as que se cruzam com processos inflamatórios tal como a artrite. Existe informação acerca da utilização da Magnetoterapia como entendido pelos chineses, egípcios e gregos.

A Magnetoterapia não começa a desenvolver-se de forma realmente eficiente até que a partir do século XIX se começa o estudo do eletromagnetismo. São personagens como Faraday, Hertz e Gauss entre outros os que propiciam com as suas investigações o desenvolvimento desta potente e eficaz terapia que hoje em dia se utiliza em patologias como: osteoporose, reumatismos, tendinite, fraturas e todo o tipo de processos inflamatórios.

A Magnetoterapia teve que esperar até ao século XX para mostrar-se em toda a sua eficácia. O aparecimento dos microprocessadores e da investigação espacial colocaram esta terapia física num lugar privilegiado dentro das múltiplas possibilidades de tratamento e de recuperação das mais diversas patologias. Entre em contato agora mesmo com um consultor da MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA, e peça sua avaliação. CLIQUE AQUI

MAXIMUS – MAGNOTERAPIA & MASSOTERAPIA JAPONESA (48) 99641-8201 / (31) 99463-1041

Continuar lendo
Aceitamos Cartão de Crédito
aceitamos cartões